Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Banhos de assento




 BANHOS DE ASSENTO
O poder da água






 O s banhos, quentes ou frios, têm um grande poder terapêutico. Conheça um pouco mais desses recursos usados desde a Antiguidade e redescobertos nos últimos tempos. 

Banho de assento frio
– Temperatura: 15°C a 20°C.
– Duração: em geral, de 6 a 15 segundos, adaptando a duração à sensibilidade individual.
Aconselha-se praticá-lo à noite, antes de dormir. Se a pessoa estiver de cama, é necessário tomá-lo e deitar-se novamente, sem se secar.
O ideal é que logo após a sua aplicação se manifeste uma agradável sensação de calor. 
 
Efeitos e indicações
– Nos casos de prisão de ventre e hemorroidas, normaliza e estimula a atividade intestinal, fortalece a musculatura abdominal e permite uma melhor irrigação dos órgãos da pélvis. Alivia o prurido (comichão) anal.
– Regulariza o funcionamento dos rins e favorece a eliminação de toxinas pela urina.
– Acalma os nervos e facilita o sono.
– Normaliza as funções genitais e a menstruação; evita o desprendimento do útero (prolapso uterino) e da bexiga, ao reforçar a musculatura pélvica. Inibe os processos inflamatórios pélvicos.
– Por um mecanismo reflexo, estimula a circulação arterial, especialmente nas extremidades inferiores, o que é muito útil em casos de arteriosclerose.

Precauções
Segundo Kneipp,1 não é conveniente utilizá-lo mais de duas ou três vezes por semana.
Deve evitar-se o arrefecimento, protegendo devidamente a parte não submersa, se necessário. 

Banho de assento quente
– Temperatura: 36°C a 39°C.
– Duração: em geral, de 10 a 15 minutos.
Se for necessário, para evitar o esfriamento, envolver-se com toalha ou manta de lã, previamente aquecida, até aos pés.
– Terminar passando água fria ou com jatos frios no baixo-ventre e pernas. Deve-se ir aquecido para a cama.
– É muito proveitoso acrescentar extratos de plantas medicinais: flores de feno, cavalinha (Equisetum arvense L.), aveia e camomila (Matricaria chamomilla L.)

Variantes do banho de assento quente
– Temperatura progressiva: de 36°C a 42°C, durante 15 a 20 minutos.
– Muito quente: eleva-se a temperatura da água até aos 45°C. Deve ser realizado com supervisão médica. 
 
Tipos de aplicações hidroterapêuticas de acordo com a temperatura da água
Aplicações Temperatura Reação
muito quentes mais de 39°C intensa
quentes 36°C a 38°C moderada
neutras 34°C a 35°C nula
mornas 30°C a 33°C moderada
frias 16°C a 29°C intensa
muito frias 8°C a 15°C muito intensa
A reação do organismo a um tratamento hidroterapêutico será tanto mais intensa (1) quanto mais distante da temperatura neutra estiver a temperatura da aplicação, (2) quanto mais breve for sua aplicação e (3) quanto mais generalizada for.

Efeitos e indicações
– Estimula a circulação do baixo-ventre e dos órgãos da pélvis, e atua como anti-inflamatório e sedativo.
– Por mecanismo reflexo, diminui os espasmos das artérias, especialmente das coronárias, causadoras da angina do peito.
– Evita os espasmos do intestino grosso, aliviando a prisão de ventre e a dor das fissuras anais, facilitando a sua cicatrização.
– Por mecanismo reflexo, alivia os espasmos que causam a cólica biliar.
– Regulariza as menstruações e acalma a dismenorreia (menstruações dolorosas); no homem, é recomendável em caso de hipertrofia da próstata e prostatite, e nos dois sexos desinflama os órgãos pélvicos.
– Alivia a dor da cólica renal e facilita a eliminação de cálculos; relaxa e alivia a bexiga em caso de cistite. 
 
banhoassento.jpgBanho de assento com temperaturas alternadas
– Em duas bacias: um de 38°C a 40°C e o outro de 15°C a 18°C.
– Primeiro toma-se o banho quente (5 a 10 minutos) e depois o frio (5 a 10 segundos), alternando uma ou duas vezes.
– Terminar sempre tomando o banho frio.
– Se for pela manhã, secar-se, vestir-se imediatamente e movimentar-se para facilitar a reação de calor. À noite, é necessário aquecer-se na cama. 

Efeitos e indicações
– Grande estimulador da circulação dos órgãos do abdómen e da pélvis, assim como das pernas e dos pés, melhorando a rigidez da região lombar e glútea. Favorece a relaxação do reto. 
 
É indicado em casos de:
– Artrose da bacia, artrose das vértebras lombares e sacras, hérnia de disco intervertebral, lumbago, ciática.
– Prisão de ventre, prurido (comichão) anal.
– Distúrbios da menstruação, inflamação dos órgãos genitais, leucorreia (corrimento branco) e esterilidade; no homem, é
usado para combater a prostatite e a impotência sexual.
– Recomendado em caso de depressão ou de astenia (cansaço ou fraqueza física) por ser estimulante e tonificante para todo o corpo.


Ernest Schneider
Médico, autor de A Saúde pela Natureza, lançado pela Publicadora SerVir
1. Sebastian Kneipp (1821-1897), sacerdote bávaro, foi um dos iniciadores do movimento da medicina naturopática. O seu nome está associado a todo um sistema de cura por métodos naturais, do qual se destaca a hidroterapia. Publicou, em 1886, um livro sobre este tema, A minha cura pela água.

Revista Saúde & Lar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentário: