Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Suplementos alimentares que não emagrecem











SUPLEMENTOS ALIMENTARES
que não emagrecem



 






É comum ouvir-se, sobretudo na aproximação do Verão, pessoas que dizem que os suplementos alimentares usados nos processos de emagrecimento não funcionam, porque uma vez deixados de tomar volta-se a engordar. Outras até dizem que eles engordam em vez de removerem as gorduras.

Será verdade ou são apenas justificações para o insucesso dos tratamentos?

Existem muitos factores que ditam se determinado tratamento será ou não eficaz. Um deles e muitas das vezes o maior é o cumprimento rigoroso do tratamento.

Sabemos que os portugueses são muito conhecidos por irem ao médico nas últimas e que para cumprirem as regras no que respeita à toma de medicação, são um desastre, ficando tomas por fazer, horários não certos, etc. Sobre os suplementos o caso mantém-se, ou até piora de figura.

Mas esta publicação irá se referir aos suplementos de emagrecimento, uma vez que está a se aproximar a época de começar a consumi-los.

E começa logo por aqui. Os suplementos apenas são iniciados quando se aproxima o Verão e então são tomados "às pressas", sem respeitar tempos, dosagens, tipos de suplementos, etc.

Mas vamos tentar entender melhor os comentários negativos sobre os produtos.


- Quem falha?


O uso de suplementos alimentares, apesar de não serem medicamentos, devem ser usados com respeito e não banalizá-los e torná-los coisas ordinárias. Têm regras a respeitar e faltando ao respeito dessas regras, muitas coisas acontecem. Felizmente a maioria das coisas que acontecem são benignas.

Em primeiro lugar, quem quer emagrecer tem que memorizar uma coisa: QUEM ENGORDA É VOCÊ E ENGORDA SEMPRE PELO QUE INGERE. Escrevo em letras grandes para que fique retido na memória. Passar a responsabilidade de emagrecer a um suplemento é a coisa mais fácil, evitando-se assim a culpa de não ter perdido nem uma grama. E apontá-lo como ineficaz ainda melhor. Estas desculpas são usadas por quem não é capaz de se esforçar minimamente.

Quando se ingere um suplemento para perder peso, devemos ter cuidado também com o que ingerimos, porque o produto não é um super herói que remove todas as gorduras. Se ingere mais gorduras que aquilo que ele consegue eliminar, nunca na vida terá sucesso. Mais, se a sua gordura corporal é muita, o suplemento tem muito em que se ocupar, logo, se constantemente insere novas gorduras, como poderá ele ser rápido o suficiente para retirar o que lá está e o que está a entrar? Simplesmente não consegue.

Então já estamos a ver que para que o sucesso exista, é fulcral o seu auto controlo no que toca à ingestão de alimentos.

- Então por que, quando se termina de tomar o suplemento se engorda novamente e às vezes até mais?

Excluindo situações patológicas, como normalmente a pessoa não tem regra no que come, ao parar o suplemento que ajudou a perder peso, irá dar continuidade ao desregramento alimentar e o corpo recupera tudo o que perdeu e às vezes até mais porque a pessoa não mede o que ingere.

- Tomar o suplemento da vizinha, só porque ela perdeu peso, não quer dizer que aconteça o mesmo consigo. Porquê?

Uma das respostas é o que falei anteriormente. Se calhar a sua vizinha regrou o que ingeriu, logo perdeu peso. Outra situação é que você talvez necessite de um outro suplemento que não o dela ou até conjugar vários.

- Se tomar um suplemento e engordar, o que se está a passar?

Existem suplementos que podem ter os dois efeitos, engordar e emagrecer. Depende do que fazemos com ele. Qualquer suplemento deve ser acompanhado por exercício físico, que ajuda na remoção da gordura, na limpeza do organismo e na melhora do sistema imune, para não referir outros. Mas determinados suplementos têm que obrigatoriamente ser acoplados com exercício físico, como por exemplo com meia hora de caminhada. Caso não o faça a possibilidade de engordar é grande. Outros tomados antes ou depois das refeições têm o mesmo efeito.

É necessário ter um bom conhecimento sobre os suplementos e não usar qualquer coisa que prometa milagres. Consulte um nutricionista ou terapeuta em medicina natural. São os melhores para os ajudar nesse sentido.

Quando deve começar a tomar os suplementos?

Não há uma altura certa, mas o momento ideal é quando se mentalizar que quer realmente perder peso de forma equilibrada. Os suplementos precisam de tempo para fazer efeito e isso leva tempo. Não os apresse, porque não vai gostar dos resultados. Se decide emagrecer para o verão faça com tempo e calma e juízo.

Se pretende perder peso, faça-o por questões de boa saúde e não para se mostrar no verão. A forma como encara o processo determina o sucesso e o tempo do tratamento. Emagrecer porque se preocupa com a sua saúde garante-lhe um resultado mais eficaz e duradouro.

Verifique o que come. A gordura está em imensos alimentos que muitas das vezes parecem que não têm gordura. Olhe para os rótulos e tudo o que disser gordura ou lípidos evite ou reduza muito o seu consumo. Coma alimentos ricos em fibras todas as refeições, para que as gorduras não entrem todas para o interior do seu corpo. Pratique exercício físico, que para além de desgastar as gorduras, melhora a performance do seu organismo.

Procure sempre a ajuda de quem conhece bem os suplementos. Basear-se em contos ou propaganda excessiva não lhe garantem sucesso.

Como último conselho, faça uma alimentação variada, pobre em gorduras e açucares, juntamente com exercício físico e verá que os suplementos são óptimos aliados.

Veja também esta publicação: http://pelaminhasaude.blogspot.pt/2012/10/e-seguro-consumir-suplementos.html



Filipe Gonçalves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário