Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Fibromialgia e erros posturais





FIBROMIALGIA
As dores do sistema do equilíbrio













A fibromialgia está considerada uma doença cujas causas são desconhecidas. Talvez até sejam desconhecidas, mas existem evidências de que muitos são os factores que contribuem para o seu agravamento. Uma delas, e senão até a mais problemática, e quem sabe a causa primária, é o desequilibrio postural. 

Todos nós somos dotados de uma espécie de centro de equilíbrio, que constantemente efectua rearranjos posturais para que o centro de gravidade do corpo se mantenha alinhado. É este sistema que nos permite manter de pé, não cair, ter noção do espaço, etc. É quando este sistema falha que surgem as dores osteomusculares. E porquê?

A resposta é baseada na lógica. Imagine que o seu corpo precisa de estar alinhado num plano horizontal e num plano vertical, cujo centro é o seu centro de gravidade. Estes planos, definem toda a tensão muscular, óssea e articular que o corpo requer para manter o equilíbrio perfeito, sem obrigar a esforços. Agora pense numa inclinação que o seu corpo faz, 3mm para a esquerda, por exemplo. O que acontecerá aos grupos articulares, musculares e ósseos? Simplesmente deixam a sua posição de perfeição, para se ajustarem a um novo modelo, obrigando a gerar tensões compensatórias para que não tombe. Essas futuras compensações, obrigarão a novos reajustes noutros locais para compensarem a perda de equilíbrio, trazendo dores crónicas, pois, para não perder o centro de gravidade, o corpo sofreu imensas desarmonias a vários níveis. Os primeiros a sofrerem alterações são os pés e os olhos. Os olhos porque definem os planos vertical e horizontal, e os pés, pois são eles que efectuam os maiores movimentos para acertar os planos. O aparelho mastigador, e a pele do tronco são outros captores que podem ser afectados ou serem eles mesmos causadores de desequilíbrios. Cicatrizes acima ou abaixo do diafragma, provocam relaxamentos e contracções musculares que obrigarão a ajustes noutras partes do corpo, como pés, bacia e cintura escapular. O aparelho mastigador, pela sua ligação à musculatura do crânio e da cervical, provocarão desvios, aquando, por exemplo, do uso de aparelhos ortodônticos desapropriados.

Desta forma pode-se compreender que desajustes posturais comprometerão e muito o perfeito equilíbrio do corpo, trazendo, sem qualquer margem para dúvidas, dores, desconfortos, inflamações, desgastes. 

Se estes desequilíbrios fazem sofrer os que não sofrem de fibromialgia, o que dizer dos que sofrem?

É pois importante, que os que padecem da patologia, corrijam inicialmente a sua postura, para que se elimine de imediato todas as fontes que causam tensão muscular. Ao promover esse relaxamento muscular, é certo que surgirão melhoras significativas no estado geral do paciente. 

Para efectuar uma correcção postural primeiramente aplicam-se palmilhas de recalibração postural (não são as mesmas que palmilhas proprioceptivas usadas pelos podologistas, ou recomendadas por pediatras). Seguidamente efectuam-se exercícios oculares conforme os achados encontrados na avaliação anterior. Se se verifica que estas correcções não foram suficientes, realizam-se correcções em cicatrizes existentes, aparelho mastigatório e no sistema psicoemocional.

O uso das palmilhas e realização dos exercícios devem ser prolongados no tempo até se verificar que o corpo foi reprogramado para a postura correta. Após isso, abandonam-se as palmilhas e os exercícios. Este tratamento pode demorar entre oito meses a dois anos, sendo que cada caso é um caso.

Durante esta fase podem ser recomendados alguns suplementos para ajudar a desinflamar  os músculos e articulações, a tonificar tendões, recalcificar ossos, a melhorar o sistema nervoso, etc.

Não querendo ser uma panaceia para todas as dores músculo-esqueléticas, a reprogramação postural promete ser uma revolução na forma como se vê a origem dor, mas principalmente na forma como se abordam os tratamentos destas patologias, e a baixo custo.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário