Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Infecção urinária

INFECÇÃO URINÁRIA

Um verdadeiro incómodo






Uma infecção urinária é uma infecção que começa no sistema urinário. Os órgãos que compõem o sistema urinário são os rins e as vias urinárias, que compreendem os ureteres a bexiga e a uretra.
As infecções urinárias simples desenvolvem-se quando certas bactérias migram para a bexiga. Por causa da anatomia (estrutura) do sistema urinário feminino, as mulheres têm maior probabilidade que os homens de adquirirem estas infecções. Nas mulheres, a abertura para a uretra (por onde sai a urina) está muito perto do ânus. Dessa forma, as bactérias podem migrar do ânus, onde a quantidade de bactérias é elevada, para a área ao redor da vagina e da uretra. De lá, é uma viagem curta (4 centímetros), da uretra para a bexiga. As relações sexuais podem impelir estas bactérias para a bexiga, aumentado assim o risco de infecções urinárias nas mulheres sexualmente activas. O uso do papel higiénico de trás para frente após uma evacuação pode transferir bactérias da região anal para a uretra.

Sintomas

A infecção urinária causa inflamação (irritação e inchaço) da bexiga e da uretra. Isto causa o desenvolvimento súbito de um conjunto previsível de sintomas. Muitas mulheres que tiveram infecção urinária no passado podem identificar os sintomas facilmente quando desenvolvem nova infecção.

Estes sintomas normalmente incluem um ou mais do seguinte:
. Polaciúria (Necessidade de urinar mais frequentemente que o normal, embora a quantidade de urina seja pequena (urinar pouco, mas várias vezes), com a sensação constante de estar com vontade de urinar),

. Urgência súbita para urinar,

. Algúria (ardor ao urinar),

. Disúria (desconforto ao urinar),

. Noctúria (vontade de urinar à noite),

. Dor no abdómen inferior (baixo ventre),

. Hematúria (sangue na urina),

. Urina turva,

. Urina com odor desagradável ou extremamente forte.

Nas crianças pequenas pode causar novos episódios de incontinência urinária (dificuldade para conter a urina) como único sintoma.

Tratamento

O sumo de mirtilio é uma enorme ajuda preventiva, mas não deve ser tomado por pessoas que tomam Varfarina (para o sangue)
As plantas e outras substâncias recomendadas para esta situação são as seguintes:

- Propólis
- Unha de gato
- Equinacea
- Vitamina C
- Infusão de barbas de milho + Pés de cereja + Cavalinha
- Lavar a zona genital com uma infusão de Malvas e Folhas de Nogueira

Se a infecção for recorrente, deve continuar a tomar os suplementos acima indicados, e após cada relação sexual, deve fazer a lavagem dos genitais com a infusão. Não é desaconselhado fazer este tratamento frequentemente, mesmo que não tenha sintomas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário