Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Nunca é tarde para ter mais saúde


 



NUNCA É TARDE PARA TER SAÚDE 

19 maneiras de reduzir o stress durante um dia de trabalho





No início dos anos 60 os especialistas predisseram que a semana de trabalho seria reduzida, em breve, para quatro dias, talvez até três. No lar, os aparelhos tornariam o trabalho doméstico uma tarefa simples de fazer. Algumas faculdades e universidades começaram a incluir cursos de "estudos de tempos livres". Essas aulas ajudariam as pessoas a lidar com o aumento de tempo livre que em breve teriam.
Contudo, essas predições foram substituídas pela dura realidade: as mulheres e os homens de hoje estão a trabalhar mais arduamente e durante mais tempo do que antes! No virar do século – antes dos faxes, modems, computadores e telemóveis – a semana de trabalho era, em média, de 60 horas. Ao chegar a 1970 baixara para 37 horas. Nos anos 90, de acordo com um inquérito recente, um empregado médio estava a trabalhar 46 horas semanais no escritório e mais seis em casa, perfazendo um total de 52 horas. Além disso, 40 por cento dos inquiridos disseram que trabalhariam mais 10 horas ou mais por semana para terem mais dinheiro. Isso somaria 62 horas, duras horas mais do que nos dias dos "cavalos e das carroças".
O facto é que a maior parte das pessoas têm menos tempo livre e mais stress diário enquanto tentam lidar com o trabalho e carreira, a família e os amigos. Não obstante as exigências da vida, há alguns passos simples e eficazes que podem aliviar as pressões da vida. Aqui estão 19 maneiras para reduzir o stress durante o dia de trabalho.
1. Comece o dia com uma curta oração e meditação. Em vez de saltar da cama e apressar-se para começar o seu dia, tire alguns minutos – de 5 a 20 – para meditar, ler uma passagem curta e inspiradora, ter pensamentos de paz, apreciar o dom de Deus neste novo dia. Começar desta forma dar-lhe-á uma sensação de paz que se manifestará durante todo o dia.
2. Aplique a sabedoria de S. Paulo à sua vida diária."Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável ... nisso pensai". Estas palavras são um lembrete para pensar positivamente. Durante o dia, quando enfrentar uma crise, pense num desafio. Quando enfrentar um problema, pense em possibilidade. Quando enfrentar um obstáculo, pense em oportunidade. Lidar com um acontecimento stressante de forma positiva aumentará a sua energia.
3. Lembre-se, pode cometer erros."Muitas pessoas começam a esmorecer até ao desespero ou a recriminarem-se sem piedade depois de cometerem um erro," observa a Dra. Charlotte Davis Kasl, uma psicóloga e autora do livro Finding Joy. "Parece-lhes um crime partir um prato, esquecer uma reunião ou enviar um documento importante para o endereço errado. O que é importante é não esquecer que todos erram... portanto, não seja tão duro consigo mesmo."
4. Reconheça os seus méritos.Tire alguns minutos, todos os dias, para dar a si próprio ‘pancadinhas nas costas’ por todas as coisas que conseguiu fazer. Isso mudará a sua perspectiva, ajudando-o a apreciar a grande actuação de equilíbrio que tem de fazer todos os dias – trabalhando, tratando dos filhos, fazendo trabalho voluntário, participando nas actividades da sua paróquia, mantendo uma vida social, cuidando dos pais, etc.
5. Crie imagens pacíficas na sua mente.Várias vezes ao dia, faça uma curta pausa e crie uma imagem mental pacífica. Por exemplo, imagine-se numa canoa, num lago calmo e sossegado com o sol a brilhar lá em cima. Ou imagine-se sentado calmamente num outeiro, rodeado de lindas flores silvestres. Quanto mais praticar esta técnica, mais facilmente se libertará do stress diário.
6. Leia."Como sou uma mãe sozinha com dois filhos e trabalho durante todo o dia, a minha vida é extremamente agitada," diz Karen, uma assistente de advocacia. "Ler é a minha forma de abrandar o stress. Leio durante a viagem de comboio. Leio enquanto espero o almoço. Leio antes de dormir. Para mim, ler é um escape total que me acalma e me relaxa," diz ela.
7. Seja hospitaleiro.Mantenha aberta a porta do seu coração para todos aqueles com quem contactar durante o dia. Cumpri-mente todos com um sorriso. Isso fará com que os outros gostem de estar consigo. Por seu lado, sorrir dar-lhe-á uma sensação de tranquilidade, calma e paz.
8. Observe a sua respiração.Quando estamos relaxados a nossa respiração é lenta e ritmada. Contudo, quando estamos ansiosos ou aborrecidos temos tendência para respirar irregularmente. Esteja atento à sua respiração. Logo que note que está a ficar stressado diga a si próprio: "Pára!" Depois, enquanto inspira, repita a palavra "paz". Ao expirar, sorria. Ao fazer isso, deixe os ombros descair e relaxe as mãos. Repita essa técnica várias vezes.
9. Dê uma caminhada em passo rápido.Os especialistas dizem que o exercício físico é eficaz em queimar o excesso de adrenalina que alimenta os sentimentos de ansiedade e de stress. O exercício também liberta endorfinas – os químicos naturais do organismo que bloqueiam a ansiedade e a dor. Durante as horas de expediente, até mesmo uma caminhada rápida pelo corredor ou subir um lance de escadas pode ajudar.
10. Mude de ambiente para o almoço.Saia do escritório e desfrute da sua refeição do meio-dia num parque. Use esse tempo para estar em contacto com a natureza. Pelo menos uma ou duas vezes por semana, coma sozinho, em silêncio. Coma devagar. Seja grato pela sua refeição. Divirta-se.
11. ‘Calce os sapatos’ dos outros."Tente ver um conflito ou uma diferença de opinião do ponto de vista da outra pessoa," recomenda o Dr. Redford Williams, uma autoridade em saúde cardíaca e autor da obra The Trusting Heart: Great News About Type A Behavior" (O Coração Confiante: Notícias Fantásticas Sobre o Comportamento Tipo A). "Ao tentar compreender o comportamento dos outros do seu ponto de vista, poderá ganhar o mesmo senso de perspectiva. Na maioria dos casos, sentirá a sua zanga desfazer-se."
12. Tenha cuidado com o que bebe.As bebidas cafeinadas que ingere durante o dia podem ser um pesadelo para a sua saúde mental. Demasiada cafeína pode causar tremor das mãos, inquietação e irritabilidade – tudo isso aumentando os sentimentos de stress. Tente eliminá-la da sua rotina.
13. Concentre-se na tarefa que tem em mãos, não no resultado.Esta é outra maneira de aprender a ser menos que perfeito. Se vir que se está a afligir por causa de um projecto, diga a si próprio, baixinho: "Lá estou eu outra vez a preocupar-me com o futuro. Vou só pegar nisto e fazer o melhor que posso." E faça-o. Lembre-se de deixar o futuro nas mãos de Deus.
14. Diga apenas "Não."Não tem que aceitar todos os projectos, todos os convites para se envolver, todas as oportunidades para ir a uma reunião. Aceite o que necessita e deseja fazer, mas diga "Não, obrigado" a outros pedidos do seu tempo.
15.Faça um acordo de paz consigo mesmo.Logo que se comece a sentir zangado, hostil, cínico, céptico, irritado ou impaciente, repita uma palavra que possa desfazer a energia negativa. Alguns exemplos incluem paz, amor, esperança, fé, alegria, paciência, etc.
16. Reviva uma lembrança feliz.Ligue-se ao poder das suas lembranças. Numa altura de stress, olhe para trás e lembre-se de uma experiência agradável ou de um momento de satisfação. "Poderá escolher o dia do seu casamento, o dia do nascimento de um filho ou quando alguém cuja opinião significava muito para si, apreciou algo que tenha feito," diz a Dra. Anees A. Sheikh, professora de psicologia da Universidade de Marquette, em Milwaukee. "Qualquer cena ou acontecimento em que se tenha sentido seguro, exultante, ou bem sucedido, estará bem. Não se lembre apenas destes acontecimentos – reviva-os."
17. Haja música.A música certa poderá levá-lo de um estado muito tenso para um estado relaxado em muito pouco tempo. A música certa é geralmente instrumental em vez de vocal e é, normalmente, tocada por instrumentos como a flauta, harpa, piano e conjuntos de cordas. Muitas pessoas acham que os sons da natureza combinados com harmonias musicais são muito relaxantes.
18. Contente-se com "chega assim".É espantoso quanto stress pode ser completamente eliminado quando decidimos que não temos de ter a casa mais limpa, o jardim mais arranjado, os filhos mais bem comportados. Olhe para a sua vida e veja em que deverá ser menos exigente consigo mesmo.
19. Não leve para casa os problemas do trabalho.Deixe as suas preocupações no escritório. Sentir-se-á melhor e regressará ao trabalho sentindo-se revigorado, enérgico e mais criativo. O Dr. Saki F. Santorelli, professor assistente de medicina no Centro Médico da Faculdade de Massachusetts, oferece estas sugestões: "No fim de um dia de trabalho ... sente-se tranquilamente e faça, conscienciosamente a transacção do trabalho para casa – tire um momento e seja apenas você – desfrute a sensação durante um momento. Tal como a maioria de nós, estará a entrar no seu outro trabalho a tempo inteiro – o lar. Quando estacionar o seu carro, tome um minuto para se preparar para estar com os membros da sua família ou para entrar em casa. Tente mudar de roupa quando chega a casa. Este simples acto poderá ajudá-lo a fazer uma transição mais suave para o seu ‘papel’ seguinte.
Por fim, lembre-se que estas 19 sugestões são apenas linhas mestras. Permita que o seu próprio sentido de oportunidade e curiosidade evolua enquanto explora e descobre a sua maneira própria e única de reduzir o stress durante o dia de trabalho.


 Victor M. Parachin



extraído da revista saúde e Lar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário