Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Gota - tratamento natural







    ARTRITE ÚRICA OU GOTA
Causas e Tratamentos












Doença caracterizada por desequilíbrio entre a formação e a eliminação de ácido úrico. Se esse ácido ultrapassar o valor de 6mg por 100ml de sangue, ocorre precipitação nos tecidos e especialmente nas articulações.
Esta doença surge por ataques, uma ou duas vezes no ano  (Inverno e Outono), que geralmente aparecem depois da meia noite. Aparece com mais frequência nos homens adultos de constituição pícnica. Em geral, a primeira articulação a ser atacada é a do dedo grande do pé, e a seguir as outras articulações, os tendões e os rins.

Causas

  • Ingestão abundante de alimentos ricos em ácidos nucleicos (carne, peixe, legumes, café, chá e chocolate) que ao serem metabolizados produzem ácido úrico.
  • Lesão renal que impede a eliminação de ácido úrico.
  • A ingestão de bebidas alcoólicas favorece a formação de ácido úrico.
Sintomas

Hiperuricemia (aumento do nível de ácido úrico no sangue)
Dores violentas em certas articulações
No estado crónico: articulações dolorosas, rígida, tumefactas e, com frequência, deformadas.

Tratamento dietético

Uma dieta adequada, seguida a tempo pode inibir a doença e aliviar o sofrimento, pelo menos nas fases iniciais.
O consumo abusivo de proteínas animais e de alimentos acidificantes (queijos curados, ovos, carne, peixe e mariscos) desencadeiam e agravam a doença, pelo que se devem evitar.

Tratamento físico

Cataplasma de argila sobre as zonas afectadas,
Fomentações sobre as articulações afectadas
Banhos completos quentes a temperatura progressiva,
Sauna,
Banhos hipertérmicos.

Medicação e Fitoterapia

Nestes casos são prescritos pelo médico anti inflamatórios, derivados da colchicina e medicamentos que inibem a formação de ácido úrico.
Podem formar-se cálculos nos rins e para evitar convém beber muita água de baixa mineralidade, entre 6 a 10 copos por dia, duas horas de uma refeição e meia hora antes da seguinte.

O alho consumido cru, é um remédio de eficácia comprovada contra a gota. Infusões de grama francesa (Agropyrum repens L. Beauv.), salva (Salvia officinalis), alecrim (Rosmarinus officinalis, L.) e tomilho (Thymus vulgaris, L.), são uma boa ajuda.
Comprimidos de Harpago, ajuda a desinflamar.

Bases para uma dietoterapia da artrite úrica

Limitar o consumo de proteínas.
Excluir alimentos que contenham nucleoproteínas como, mariscos, carnes e preparados à base de leveduras, café, chá e chocolate.
Usar moderadamente leguminosas, peixe branco e ovos.
Evitar o sal
Limitar consumo de gorduras animais. Optar por gorduras vegetais.
Não há limites para hidratos de carbono, frutas, verduras e as hortaliças, excepto os cogumelos e os espinafres.
Evitar qualquer tipo de bebida alcoólica.
Fazer uso de curas depurativas e dias a alimentar-se apenas de frutas.

Para eliminar o ácido úrico

Cura de limões, ou de água destilada e limões

Ingerir sumos de fruta naturais que contenham vitamina C e tisanas que estimulem a função renal e o metabolismo como cavalinha (Equisetum arvense L.)

Curas de águas minerais (especialmente alcalinas e diuréticas)

Com as refeições, beber tisanas de rosa-canina (Rosa canina L.), malva (Malva silvestris L.) folhas de silva (Rubus fruticosus L.), sumos naturais de frutas e hortaliças, leite vegetal, soro de leite e café de cereais.


Fonte: A saúde pela natureza, Ernest Schneider




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário