Aviso

O conteúdo presente neste blog, não pretende de forma alguma substituir o tratamento médico. É meramente de consulta e informação. Se lhe surgir algum sintoma que considere relevante, consulte imediatamente o médico.
Caso tenha alguma dúvida, contacte-nos. Responderemos com a maior brevidade possível.

Serão os grelhados e assados parte de uma boa dieta?







GRELHADOS E ASSADOS
Dieta correcta?








Durante uma consulta de medicina chinesa, é meu costume verificar o tipo de alimentação praticada pelo utente, pois a saúde têm uma ligação profunda com os alimentos e tipo de cozinhados que usámos. É bastante frequente, para não dizer que será na totalidade, que as pessoas façam uso excessivo de certos cozinhados, nomeadamente os grelhados. Ora, faz parte da nossa cultura médica, e quem se lembra sabe do que falo, que em caso de doença deve-se comer cozidos e grelhados. Contudo, e apesar de parecer saudável, será mesmo assim? Quanto aos cozidos, de facto até serão saudáveis, mas no que toca aos grelhados o discurso muda. E porquê? Irei dar o meu ponto de vista, quer de acordo com a ciência, quer de acordo com a medicina chinesa.


De acordo com a ciência:

Tudo o que é proteína animal, como carnes,  peixes e seus derivados, quando sujeitos a altas temperaturas, normalmente acima do ponto de ebulição da água, que são 100ºC, adquirem uma espécie de carvão, que muitas pessoas até raspam para não comerem. Esse carvão está mais que estudado e está fortemente associado ao cancro do estômago. 
Por outro lado, as gorduras das peças animais também quando sujeitas a grelhados, assados ou fritos, ficam quimicamente alteradas tornando-se mais  densas e difíceis de remover do organismo, gerando situações como a arteriosclerose.
Outros elementos nutritivos que a carne possa conter, como água, minerais, vitaminas, perdem durante o processo.

De acordo com a Medicina Chinesa:

Para a medicina chinesa, o tipo de cozinhado tem bastante influência na saúde e na doença. Os grelhados podem até ser úteis para alguns, mas durante certo tempo, pois o que for demais já prejudica, e só durante o processo de tratamento. A medicina chinesa considera que o grelhado, assado e frito são cozinhados que transferem ao alimento muito calor,  e esse mesmo calor será transferido para o corpo humano, causando distúrbios. Usando um exemplo para melhor compreender, quem sofre de azia, que tem sintomas de sensação de queimação, não deve ingerir estes tipos de cozinhados, pois o estômago já tem calor em excesso e não precisa de mais. Ao comer comidas cozinhadas a altas temperaturas, esse calor passa para o estômago, aumentando assim a acidez e sensação de queimação.
Outras doenças ou alterações fisiológicas em que haja manifestação de calor, como menopausa, irritabilidade constante, enxaquecas, olhos irritados, ansiedade forte, insónias com agitação, só para dar exemplos, é prudente a redução ou eliminação destes cozinhados da dieta.
Para os amantes dos grelhados, apesar de não ser solução para o uso excessivo, devem acompanhar esses pratos com saladas frias, para que haja controlo do calor transferido pelo cozinhado quente.

Tudo o que passe a temperatura de 100ºC provoca alterações químicas nos alimentos, tornando-os pouco saudáveis, quer por perda de nutrientes, quer pelas modificações na estrutura química do alimento.
 
Um especialista em medicina chinesa lhe dará dicas úteis sobre que tipo de alimentos e cozinhados serão os mais aconselhados para si.


Filipe Gonçalves Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem comentários:

Enviar um comentário